sexta-feira, 15 de maio de 2009

O TRONO ACÚSTICO DE D. JOÃO VI

Trono acústico criado por F.C. Rein em 1819 para ser utilizado por D. João VI.
Está descrito e ilustrado por Elisabeth Bennion no seu livro Antique Hearing Devices.

As primeiras cadeiras acústicas foram feitas por Duguet em 1706 e segundo ela relata "a mais engenhosa de todas estas cadeiras foi este trono acústico feito por Rein em 1819 para a surdez do Rei D. João VI" e os braços desta foram esculpidos em forma de leões com duas grandes bocas abertas.

Ainda segundo Elisabeth Bennion..."embora contrariados, os cortesãos eram obrigados a se ajoelhar e falar junto à boca dos leões levando suas palavras até os ouvidos do Rei..."
O trono certamente foi feito segundo as diretrizes da F.C.Rein de modo a acondicionar os ressoadores inventados por este, que, escondidos nos lados e no fundo do trono amplificavam os sons que eram dirigidos por um tubo até os ouvidos do rei.

Informações retiradas do:
Catálogo da Exposição LABORATÓRIO DO MUNDO - Ideias e saberes do Século XVIII
Pinacoteca - Imprensa Oficial - São Paulo - 2004





Ao longo do tempo vários recursos foram usados para superar a perda da audição:


A palma da mão em concha colocada atrás da orelha (pavilhão auricular).


No século XVIII: Cornetas acústicas de origem animal e depois de outros materiais como couro, madeira, metal, etc.


Em 1700-1800: Adaptação das cornetas em leques, guarda-chuvas, chapéus, poltronas, sob a barba ou no cachimbo com o objetivo de escondê-las.


Uso de um tubo para facilitar a comunicação em lugares ruidosos.

Colocação de uma haste metálica entre os dentes para transmissão do som por via óssea.

Colocação de uma haste de madeira entre os dentes e apoiada no piano, de forma a poder perceber as vibrações utilizado pelo compositor Ludwig V. Beethoven (1770-1827).


Em 1819 “trono acústico” , o apoio deste trono apresentava a forma de uma cabeça de leão contorcida, de modo que as cavidades conduziam a uma caixa de ressonância, colocada embaixo do assento.


Em 1876 invenção do telefone por Alexander Graham Bell, usando um microfone magnético e um sistema que fornecia pequena amplificação com o objetivo de ajudar a sua esposa que era surda.


Em 1878, usando a tecnologia do telefone, inventaram os transmissores de carbono, permitindo melhor amplificação.


Em 1900, o primeiro aparelho auditivo elétrico formado por um microfone de carbono unido a uma bateria e um receptor magnético.


Em 1902, o primeiro aparelho de carbono disponível comercialmente.12 – Em 1920, uso da válvula eletrônica nos aparelhos auditivos.


Em 1930, substituição dos aparelhos a carbono pelos aparelhos a válvula.


Em 1940, introdução da bateria de mercúrio, foi possível reduzir o tamanho do aparelho ao de um bolso.


Em 1950, com a invenção do transistor permitiu a fabricação dos aparelhos embutidos em hastes de óculos


Com o circuito integrado(microfone e receptor), iniciou a confecção dos aparelhos retroauriculares (década de 60).


Surgimento dos aparelhos intra-auriculares.


Aparelhos intra-canais(década de 80).
Informações da página:
http://www.aparelhosauditivosecia.com.br/historia-aparelho-auditivo.html

Mais informações:

http://www.revistamuseu.com.br/upload/mhn_real_cadeira_acustica.jpg

http://beckerexhibits.wustl.edu/did/rarebks/spv.htm


http://surtec.sur10.net/tecnologia/historia-da-tecnologia/

4 comentários:

elizabethvilleraze disse...

Que interessante. Fico pensando como era a qualidade do som? Mais é maravilhoso ver o progresso que hoje usufruimos. Nos meados do século xxi talvez as gerações fiquem surprendida com o IC e os aparelhos atuais.

soramires disse...

Veja quanto requinte para disfarçar a surdez do rei...

Elton Vergara Nunes disse...

...pois, essa de Dom João VI eu não sabia.

Muito legal saber que, em todas as épocas, houve pessoas com deficência auditiva que buscaram o caminho da audição e, apesar dessa limitação sensorial, tentaram meios para viver o mundo dos sons.

soramires disse...

Elton, pouca gente sabia, nem lembro mais como cheguei a descobrir mas é informação interessante sem dúvida. obrigada pela visita.

Postar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO