domingo, 28 de agosto de 2016

PRECISAMOS DE LEGENDAS NA TV, CINEMA, TEATRO... querem impor nos cinemas legendas a serem vistas por celular, eu não gostei do sistema

NADA SOBRE NÓS, SEM NÓS NADA SOBRE NÓS, SEM NÓS
Lembrei desse lema sempre citado e nem sempre respeitado. Cada vez que me dirijo a produtores de filmes brasileiros explicando a necessidade de legendas para o grande público de surdos alfabetizados, oralizados, usuários de próteses de vários tipos, recebo uma resposta parecida: serão disponibilizadas legendas para celulares. E com isso pensam que estão nos atendendo.
Já testei legendas num tablet, numa peça de teatro no Teatro Sérgio Cardoso em São Paulo. Não gostei da tecnologia, precisava olhar para a telinha para ler as legendas, enquanto isso perdia o que se passava no palco. Se me concentrava no palco e nos atores não podia ler as legendas....ou seja o espetáculo num plano de visão e as legendas num outro, cansam e nos fazem perder parte do espetáculo.
Eu me pergunto, quem concebeu essa tecnologia não deve ser surdo, muito menos quem a vende ou divulga. Talvez tenham feito testes com alguns surdos amigos e estes devem ter aprovado pensando, melhor isso que nada. Ou por serem amigos elogiaram.
Enfim a tecnologia dos aparelhos auditivos é imposta pelos fabricantes...resolveram fazer somente aparelhos digitais quando um grande número de usuários prefere os analógicos...

Vejo que se não reagirmos teremos que engolir essas legendas via celular como única opção.

E que não tem celular de última geração? E que não tem celular? Vai ter que comprar só para ir ao cinema?
Se não manifestamos nossa opinião e deixamos que os não surdos decidam por nós vamos sempre receber acessibilidade como um favor e não como um direito garantido por lei. Enfim os empresários sabem muito bem como impor seus produtos...e a gente só tem a opção de aceitar o que é imposto? Lembrei desse lema sempre citado e nem sempre respeitado. Cada vez que me dirijo a produtores de filmes brasileiros explicando a necessidade de legendas para o grande público de surdos alfabetizados, oralizados, usuários de próteses de vários tipos, recebo uma resposta parecida: serão disponibilizadas legendas para celulares. E com isso pensam que estão nos atendendo.
Já testei legendas num tablet, numa peça de teatro no Teatro Sérgio Cardoso em São Paulo. Não gostei da tecnologia, precisava olhar para a telinha para ler as legendas, enquanto isso perdia o que se passava no palco. Se me concentrava no palco e nos atores não podia ler as legendas....ou seja o espetáculo num plano de visão e as legendas num outro, cansam e nos fazem perder parte do espetáculo.
Eu me pergunto, quem concebeu essa tecnologia não deve ser surdo, muito menos quem a vende ou divulga. Talvez tenham feito testes com alguns surdos amigos e estes devem ter aprovado pensando, melhor isso que nada. Ou por serem amigos elogiaram.
Enfim a tecnologia dos aparelhos auditivos é imposta pelos fabricantes...resolveram fazer somente aparelhos digitais quando um grande número de usuários prefere os analógicos...
Vejo que se não reagirmos teremos que engolir essas legendas via celular como única opção.
E que não tem celular de última geração? E que não tem celular? Vai ter que comprar só para ir ao cinema?
Se não manifestamos nossa opinião e deixamos que os não surdos decidam por nós vamos sempre receber acessibilidade como um favor e não como um direito garantido por lei. Enfim os empresários sabem muito bem como impor seus produtos...e a gente só tem a opção de aceitar o que é imposto?

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

POLÍTICA MUNICIPAL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA SÃO PAULO SP OPINE DE 3 DE AGOSTO A 10 DE SETEMBRO DE 2016

ATENÇÃO SURDOS ORALIZADOS, USUÁRIOS DA LÍNGUA PORTUGUESA, USUÁRIOS DE PRÓTESES AUDITIVAS DE TODO TIPO:
PRECISAMOS OPINAR E DEIXAR CLARO QUE NÃO USAMOS LÍNGUA DE SINAIS, LIBRAS, QUE A NOSSA ACESSIBILIDADE PRECISA DE LEGENDAS PRÉ ELABORADAS, OU PRESENCIAIS ATRAVÉS DE ESTENOTIPIA.
AO MESMO TEMPO PRECISAMOS DE EQUIPAMENTO DE SONORIZAÇÃO ESPECIAL PARA QUEM USA PRÓTESES. É O ARO MAGNÉTICO (HEARING LOOP) TÃO COMUM NOS ESTADOS UNIDOS, EUROPA E ARGENTINA. NÃO VAMOS DEIXAR ESCAPAR ESTA OPORTUNIDADE DE ESPECIFICAR NOSSAS NECESSIDADES.
Saiba mais:
http://sulp-surdosusuariosdalinguaportuguesa.blogspot.com.br/2013/04/diversidade-na-surdez-acessibilidade.html



Embora se refira à cidade de SÃO PAULO SP TODOS DEVEM OPINAR PORQUE PODEM VIR A SÃO PAULO E USUFRUIR DE EVENTOS CULTURAS E ARTÍSTICOS LEGENDADOS E COM ARO MAGNÉTICO.
além disso A CIDADE DE SÃO PAULO PODE SERVIR DE MODELO A OUTRAS CIDADES BRASILEIRAS...
PARTICIPEM.

quarta-feira, 20 de julho de 2016

COMO REATIVAR E REAPROVEITAR A SÍLICA DE POTINHO DESUMIDIFICADOR DE APARELHO AUDITIVO

SÍLICA com marcador de cor diferente...PONHO NO FORNO COMUM NUMA FORMA DE VIDRO REFRATÁRIO...fico vigiando e quando voltar à cor natural é que perdeu a umidade e poderá ser usada novamente. Antes desbotadas, depois cor azul. Espere esfriar antes de voltar ao potinho e usar. Estas instruções estão na embalagem do produto    http://www.halhen.com/cgi-bin/info.cgi?id=2579&ls=dc~B~8

Curtir
Comentar

quarta-feira, 27 de abril de 2016

NEM TODO SURDO USA LIBRAS - ÓRGÃOS OFICIAIS ESTADUAIS E FEDERAIS PROMOVEM PUBLICIDADE ENGANOSA MOSTRANDO CARTAZES QUE SÓ ENFATIZAM A LÍNGUA DE SINAIS




DUAS ENTIDADES PÚBLICAS QUE DEVERIAM PROMOVER OS DIREITOS DE TODAS AS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA INSISTEM EM DIVULGAR INFORMAÇÃO INCORRETA SOBRE AS PESSOAS SURDAS...UMA MINORIA DE SURDOS PRECISA DA LÍNGUA DE SINAIS...MAS A GRANDE MAIORIA DOS SURDOS USA O PORTUGUÊS, OUVE OU LÊ LÁBIOS EM PORTUGUÊS, ESCREVE E LÊ EM PORTUGUÊS (INGLÊS, FRANCÊS, ESPANHOL, ETC...)
UM CONSELHO FEDERAL(CONADE|) E UMA SECRETARIA ESTADUAL DE SÃO PAULO, USAM VERBAS PÚBLICAS PARA PROMOVER O GRUPO MINORITÁRIO DE SURDOS, IGNORANDO DELIBERADAMENTE A MULTIDÃO DE SURDOS QUE USAM PRÓTESE AUDITIVAS DE VÁRIOS TIPOS E PODEM OUVIR E FALAR....ISSO SÓ PODE SER OBRA DE GRUPOS MINORITÁRIOS ENCASTELADOS NESSAS UNIDADES, QUERENDO MANTER O PODER E O USO DE VERBAS PÚBLICAS PARA PROMOVER INTERESSE DE GRUPOS...EXIJO UMA RESPOSTA DOS RESPONSÁVEIS.
N\ÃO QUERO DESCONSIDERAR OS DIREITOS DOS USUÁRIOS DE LIBRAS MAS NÃO POSSO ADMITIR QUE OMITAM A EXISTÊNCIA DOS SURDOS ORALIZADOS E NEGUEM O DIREITO À ORALIZAÇÃO, IMPONDO INTÉRPRETES DE LIBRAS NAS ESCOLAS


ACOMPANHO DIARIAMENTE NOS GRUPOS DE SURDOS ORALIZADOS E DE IMPLANTE COCLEAR O DESESPERO DE MÃES E PAIS DE CRIANÇAS IMPLANTADAS, USUÁRIAS DE APARELHOS AUDITIVOS, ORALIZADAS QUANDO ESCOLAS E PROFESSORES QUEREM IMPOR A ESSAS CRIANÇAS A LÍNGUA DE SINAIS, DEIXANDO DE LADO A ORALIZAÇÃO...ORA NÃO É SIMPLES OS PAIS DECIDIREM POR UMA CIRURGIA NOS SEUS FILHOS PEQUENOS...SE O FAZEM É PARA DAR A OPORTUNIDADE DE QUE OUÇAM, FALEM, ESTUDEM E NÃO DEPENDAM DE INTÉRPRETES A VIDA TODA...QUEREM O MELHOR PARA SEUS FILHOS, A ORALIZAÇÃO, ALFABETIZAÇÃO EM PORTUGUÊS, A INDEPENDÊNCIA...
VEJAM A PROPAGANDA DISTORCIDA, FAVORECENDO UM TIPO MINORITÁRIO DE COMUNICAÇÃO E IGNORANDO TOTALMENTE A ORALIZAÇÃO...
UM ALERTA
ESSAS ENTIDADES SÃO PÚBLICAS, É NOSSO DINHEIRO USADO PARA FAVORECER UM GRUPO E PREJUDICAR OUTRO...

Vejam vários vídeos sobre implante coclear no Brasil e no Exterior  https://www.facebook.com/groups/237044193113802/
SUGESTÃO DE LEITURA
http://www.scielo.br/pdf/ep/v33n2/a13v33n2.pdf

quinta-feira, 31 de março de 2016

BLOGS E PÁGINAS SOBRE SURDEZ, APARELHOS AUDITIVOS, IMPLANTES COCLEARES E OUTROS IMPLANTES AUDITIVOS

A ADAP reuniu aqui, para quem quiser mergulhar no universo da deficiência auditiva e da oralização, alguns blogs e páginas, além da nossa, que apresentam informações e relatos de experiências sobre a surdez, o uso de Aparelhos Auditivos e de Implante Coclear, com um breve depoimento dos próprios autores sobre a história de cada um dos blogs. Confira abaixo todos os links e suas descrições, em ordem alfabética.




http://adap.org.br/site/index.php/artigos/265-conheca-alguns-blogs-e-paginas-sobre-surdez-aparelhos-auditivos-e-implante-coclear

quinta-feira, 17 de março de 2016

CRIANÇAS SURDAS COM PRÓTESES E IMPLANTES COCLEARES ATIVIDADES ESCOLARES

RECOMENDO QUE PARTICIPEM DO GRUPO DO FACEBOOK VOLTADO PARA ATIVIDADES ESCOLARES, ALFABETIZAÇÃO E INCENTIVO À FALA COMPOSTO POR PAIS DESSAS CRIANÇAS.

INFELIZMENTE MUITAS ESCOLAS NÃO CONHECEM O IMPLANTE COCLEAR E AS PRÓTESES AUDITIVAS E ACHAM QUE TODO SURDO SE COMUNICA USANDO LÍNGUA DE SINAIS.

É UMA PROBLEMA SÉRIO IMPOR LÍNGUA DE SINAIS E DEIXAR DE INCENTIVAR CRIANÇAS QUE PASSARAM POR CIRURGIAS TÃO  CUSTOSAS, QUE MOBILIZAM AS CRIANÇAS E TODA A FAMÍLIA.


Um texto interessante para imprimir e entregar na escola, explicando o que é o implante coclear
e como aproveitar ao máximo suas possibilidade:

No Caminho para o Sucesso

Obtenha o Máximo do Implante Coclear do seu Filho (a) 








terça-feira, 15 de março de 2016

APARELHOS AUDITIVOS ANALÓGICOS E DIGITAIS

EU comecei a usar aparelhos auditivos analógicos nos anos 1970, sempre modelos retro auriculares, com botão para baixar ou aumentar o volume e bobina telefônica manual.Sempre me dei muito bem com tais aparelhos e somente o desgaste natural e o aumento da perda auditiva me faziam trocar de modelos a cada período. Tinham uma qualidade e robustez que permitiam seu uso por outras pessoas depois que eu trocava de modelo para um mais potente. 
Além da facilidade do manuseio a bobina telefônica ajudava a focar bem o som para falar ao telefone e permitia uma perfeita conexão com salas de cinema e outras onde houvesse o aro magnético. Estou falando da Argentina onde há cinemas, teatros, salas de aula, igrejas, etc com aro magnético. (Veja neste blog várias postagens sobre este equipamento)
Depos dos aparelhos analógicos usei um modelo intermediário entre digital e analógico e também não senti diferença porque continuava com botão de volume de bobina telefônica manuais.
A GRANDE MUDANÇA E DECEPÇÃO VEIO EM 2012 quando tive que trocar para aparelhos digitais, oferecidos pelo SUS.   A essa altura parece que não importam mais aparelhos que não sejam digitais. E acho que poucas empresas fabricam analógicos, talvez para suprir países mais pobres.
O que me irrita nos modelos digitais, a gente depende da programação que uma fonoaudióloga faz...bobina telefônica é automática e horrível de usar porque fica ligando e desligando sozinha. Botão de volume é uma tecla onde eu não percebo nenhuma mudança de volume...só um pi pi pi ridículo e irritante...
Fico furiosa pelo fato de não ter escolha e depender da oferta dos fabricantes.
Pesquisando o assunto na internet vejo que não sou a única a não gostar dos aparelhos digitais...
http://limpingchicken.com/2014/02/24/digital-hearing-aids/

http://hearinghealthmatters.org/hearingviews/2015/please-make-power-analog-aids/

http://deafness.about.com/b/2008/01/30/desperately-seekinganalog-hearing-aids.htm?utm_term=analog%20hearing%20aids&utm_content=p1-main-1-title&utm_medium=sem&utm_source=google&utm_campaign=adid-eb47061f-056b-4262-9580-8bab214f83f3-0-ab_gse_ocode-7926&ad=semD&an=google_s&am=exact&q=analog%20hearing%20aids&dqi=&o=7926&l=sem&qsrc=999&askid=eb47061f-056b-4262-9580-8bab214f83f3-0-ab_gse


Conversando com pessoas em grupos de surdos oralizados no Facebook também tenho encontrado outras pessoas surdas que como eu preferem aparelhos analógicos e não encontram mais para comprar. Cogitamos importar modelos oferecidos em sites estrangeiros mas o medo é ficar sem assistência técnica.
Se alguém mais sente saudades dos aparelhos auditivos analógicos deixe seu comentário.
Obrigada.
ACHEI OUTRA PESSOA INSATISFEITA COM APARELHOS AUDITIVOS DIGITAIS, DESCREVE ALGO SEMELHANTE AO QUE SINTO.

http://conhipoacusia.obolog.es/cambio-audifono-analogico-al-digital-166784



El cambio del audífono analógico al digital






Cuando mi querido audífono analógico murió, tuve que comprarme uno nuevo y ya sólo vendían audífonos digitales. Sé que la teoría es que los audífonos digitales son muchísimo mejor que los analógicos pero mi experiencia ha sido bastante frustrante. Tuve que comprarme si o si un audífono digital y aunque ya han pasado años siempre tengo la sensación que perdí audición.
No os creáis que no lo he hablado con el audioprotestista, eso es un tema que lo he discutido bastante, uno sabe la teoría, pero por mucha experiencia que tengan al fin y al cabo el que sabe lo que oía y lo que oye es el que tiene que llevar los audífonos. Y ya me imagino que el analógico es comparable a los "cassetes" y el digital a la calidad de los CD, pero el control que tenía yo de mi audífono analógico no es comparable al del digital.
Ojo, os estoy hablando de mí, me consta de que hay muchísima gente encantada con los nuevos tipos de audífonos digitales. (es más.. creo que la rara soy yo…)
Hace más o menos un año intenté comprarme otro audífono, pensé… el que tengo sé que no es de los mejores (lo pienso por el precio.. hay que valen 4 veces más), pues voy a pedir el mejor del mercado, porque yo lo valgo.. pues como sea lo pagamos.. y es que me merezco lo mejor…
Por suerte en el sitio a dónde siempre he comprado los audífonos, al ser clienta desde loes 9 años pedí a ver si podía tomarme un tiempo de prueba, ya que no os creáis que es fácil cambiar de audífono .. (los que llevan uno, seguro que saben de lo que hablo) es muy frustrante oír cómo cambia todo.. y comprarse un audífono de 3000 euros no es comprarse un jersey, ¿y si no me gusta? ¿Qué hago si no me adapto?
Pues este fue mi caso, no me adapté… un audífono con tantas prestaciones, que automáticamente si hay mucho ruido baja el volumen que si hace esto que si hace lo otro… y a la hora de la verdad no era capaz de comunicarme con la gente, como con el que llevo ahora… cuando me acercaba el teléfono, el audífono detectaba ruido y me bajaba el volumen, … madre mía no oía al interlocutor, cuando escuchaba la radio igual , tuve que explicarle al audioprotestista que yo quería el control de mi audífono, y no al revés.. el audífono tenía el control sobre mí..
Al final probé varios audífonos, pero no tuve suerte.. soy consciente de que una persona debe adaptarse, pero tengo muy claro que si con el que llevo ahora puedo hacer cosas y con el que pruebo no , es que algo está fallando… (espero que me dure mucho tiempo el que llevo en estos momentos,…) pero seguiré buscando el audífono perfecto para mí.¡que estoy segura de que existe!

SE VOCÊ TAMBÉM USOU APARELHOS ANALÓGICOS E NÃO GOSTOU DOS DIGITAIS DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO, POR FAVOR. OBRIGADA.

quarta-feira, 2 de março de 2016

TECNOLOGIA ASSISTIVA PARA SURDOS QUE USAM PRÓTESES AUDITIVAS, QUASE NÃO EXISTE NO BRASIL

O QUE VOCÊS ACHAM DE QUE OTORRINOS ESPECIALIZADOS EM SURDEZ E FONOAUDIÓLOGOS GERALMENTE DESCONHEÇAM EQUIPAMENTOS QUE COMPLEMENTAM AS PRÓTESES AUDITIVAS?  
Tenho perguntado a fonoaudiólogos, quando falo da regulagem manual da bobina telefônica do AASI para usar com ARO MAGNÉTICO...a maioria nunca ouviu falar de ARO MAGNÉTICO.  
Poucos sabem de telefones amplificados, relógios vibratórios. SÓ CONHECEM O FM PORQUE AS EMPRESAS VENDEM.
Imagino que os que fazem especialização em AUDIOLOGIA deveriam ter na faculdade matérias sobre as necessidades gerais da pessoa surda, e dos equipamentos que complementarão as próteses.  
INFELIZMENTE os profissionais FONOAUDIÓLOGOS que vão trabalhar em vendas e adaptação de próteses auditivas acabam conhecendo apenas a marca para a qual trabalham. ASSIM SENDO NOSSO ATENDIMENTO EM SAÚDE AUDITIVA FICA INCOMPLETO. 
E O MAIS CHOCANTE É QUE ESSAS INFORMAÇÕES SÃO DE FÁCIL ACESSO PELO GOOGLE...
NO CASO DOS MÉDICOS VEJO CONSTANTEMENTE OS PROPAGANDISTAS DE LABORATÓRIOS VISITANDO OS CONSULTÓRIOS.
MAS NO CASO DE PRODUTOS QUE NÃO SÃO MEDICAMENTOS VEJO QUE AS INFORMAÇÕES NÃO CIRCULAM PORQUE SÃO POUCAS AS EMPRESAS NO BRASIL QUE TRABALHAM COM TECNOLOGIA ASSISTIVA.
OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE TAMBÉM DESCONHECEM MUITOS EQUIPAMENTOS AUXILIARES PORQUE SÃO POUCO IMPORTADOS E A OFERTA É RESTRITA.
É MUITO DIFÍCIL ENCONTRAR QUEM IMPORTE, FABRIQUE E INSTALE OS AROS MAGNÉTICOS "HEARING LOOP".
RELÓGIOS DESPERTADORES VIBRATÓRIOS SÓ SE ACHAM NO EXTERIOR E SE HÁ ALGUMA OFERTA NOS SITES DE VENDA TIPO "MERCADO LIVRE" SÃO CAROS E MUITAS VEZES SEM GARANTIA.
TELEFONES FIXOS AMPLIFICADOS É QUESTÃO DE PACIÊNCIA, DE PROCURAR EM LOJAS DE TELEFONES EM REGIÕES COMO DA RUA SANTA IFIGÊNIA EM SÃO PAULO.
EXISTEM BABÁS ELETRÔNICAS, LUZES DE EMERGÊNCIA, CAMPAINHAS AMPLIFICADAS QUE QUASE NÃO SÃO ENCONTRADOS. EXEMPLO DE PRODUTO NECESSÁRIO PARA MÉDICOS E VETERINÁRIOS COM PERDA AUDITIVA: ESTETOSCÓPIO ESPECIAL, E SEGUE A LISTA:
CAPINHAS PROTETORAS PARA AASI E IMPLANTES.,CAPINHAS PARA USO EM PISCINA, PILHAS RECARREGÁVEIS, DESUMIDIFICADORES, ETC..
FONES DE OUVIDO QUE FUNCIONEM BEM COM AS PRÓTESES TAMBÉM É QUESTÃO DE MUITA PESQUISA, TESTES OU ENTÃO PEDIR PARA QUE ALGUEM QUE VIAJE PARA EUA FAÇA O FAVOR DE TRAZER.
VEJO QUE AS PESSOAS QUE USAM IMPLANTES MUITAS VEZES PRECISAM ESPERAR ATÉ QUE A EMPRESA IMPORTE PEÇAS E ACESSÓRIOS.
É uma tortura a gente ficar sem usar as próteses.
EMPRESAS QUE OFEREÇAM ESTENOTIPIA PRESENCIAL COM LEGENDAS EM TELÃO TAMBÉM SÃO POUCAS E POUCO REQUISITADAS POR UMA MISTURA DE DESCASO COM OS SURDOS ORALIZADOS, DESCONHECIMENTO DA TECNOLOGIA E TAMBÉM HÁ ALEGAÇÕES DE SER UM SERVIÇO CARO.
ENFIM, ao conseguir as desejadas próteses auditivas nem sempre nossos problemas de audição acabaram...infelizmente.


quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

SURDOS ORALIZADOS E USUÁRIOS DA LÍNGUA PORTUGUESA, O QUE NECESSITAMOS PARA INCLUSÃO NA SOCIEDADE

Neste blog falo apenas do que conheço e vivo: surdez corrigida com eficiência por próteses de vários tipos.

Não falo dos surdos que usam língua de sinas e precisam de intérpretes por não viver essa realidade.

Entre os usuários de próteses encontramos bebês nascidos surdos, crianças cuja surdez é adquirida ou descoberta nos primeiros anos de vida, jovens, adultos e idosos que sempre usaram próteses auditivas e também pessoas que nasceram ouvintes e perderam a audição depois de aprender a falar.  São muitos casos diferentes, causas diferentes, com ou sem diagnóstico fechado, mas enfim as necessidades são semelhantes. É sobre as necessidades que procuro sempre falar, problemas e soluções tecnológicas que não param de surgir, para nossa alegria.

MUITOS DE NÓS ALÉM DE USAR AS PRÓTESES PRECISAMOS DO APOIO DA LEITURA LABIAL, OU LEITURA ORO-FACIAL.  Por isso sempre pedimos que falem com a gente olhando para nosso lado e não dando as costas.

postagem em elaboração

 ATENÇÃO GESTORES CULTURAIS, PROMOTORES DE EVENTOS, PESSOAS QUE TRABALHAM NA ÁREA DE DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA.
ACESSIBILIDADE PARA SURDOS, ESCLARECIMENTO.
EXISTE DIVERSIDADE NA SURDEZ.
HÁ SURDOS QUE PRECISAM DE INTÉRPRETE DE LIBRAS (LÍNGUA DE SINAIS)
SURDOS QUE USAM PRÓTESES, SÃO ORALIZADOS E SE COMUNICAM NA LÍNGUA PORTUGUESA TÊM ALGUMAS MODALIDADES DE ACESSIBILIDADE: INTÉRPRETE ORALISTA, LEGENDAS EM PORTUGUÊS (PRESENCIAIS OU PRÉ ELABORADAS) E ARO MAGNÉTICO - amplificador de indução magnética (hearing loop).
AS MODALIDADES CITADAS NÃO SÃO EXCLUDENTES ENTRE SI, SÃO DIFERENTES TECNOLOGIAS PARA DIFERENTES NECESSIDADES.

domingo, 14 de fevereiro de 2016

ESCOLARIDADE E ALFABETIZAÇÃO DE CRIANÇAS SURDAS QUE USAM APARELHOS AUDITIVOS OU IMPLANTES COCLEARES

OS PAIS DEI CRIANÇAS SURDAS QUE OPTAM PELA ORALIZAÇÃO E USO DE APARELHOS AUDITIVOS E IMPLANTES COCLEARES NEM SEMPRE ENCONTRAM ESCOLAS E PROFESSORES PREPARADOS PARA EDUCAR ESSAS CRIANÇAS. EXISTEM MÉTODOS QUE AJUDAM NA TAREFA. PARA TROCAR IN FORMAÇÃO E AJUDA EXISTE UM GRUPO DE PAIS DE CRIANÇAS EM IDADE ESCOLAR, QUE USAM APARELHOS AUDITIVOS E IMPLANTES COCLEARES.  JUNTE-SE A ELES. 
ESTÃO NO FACEBOOK
Atividades para criancas implantadas e usuárias de AASI

sábado, 9 de janeiro de 2016

ATENDIMENTO PELO SUS - SAÚDE AUDITIVA - APARELHOS AUDITIVOS, IMPLANTES, CIRURGIAS, ETC

A PRIMEIRA COISA É OBTER O CARTÃO SUS
O PRÉ AGENDAMENTO PODE SER FEITO ON LINE  NESTE LINK
   

AQUI MAIS INFORMAÇÕES

Saiba como solicitar o seu Cartão SUS

Atendimento médico

Cartão é um documento projetado para facilitar o acesso à rede de atendimento do Sistema Único de Saúde

por Portal BrasilPublicado09/04/2013 14h16
Secretaria de Saúde de CamaçariDocumento facilita o acesso à rede de atendimento do Sistema Único de Saúde
Documento facilita o acesso à rede de atendimento do Sistema Único de Saúde
O que é?
É um documento projetado para facilitar o acesso à rede de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) e conter dados sobre quando e onde o paciente foi atendido, quais serviços foram prestados e por qual profissional e quais procedimentos foram realizados.
Qual sua importância?
Os objetivos do Sistema Cartão Nacional de Saúde são organizar e sistematizar dados sobre o atendimento prestado aos usuários; dotar a rede de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) de um instrumento que facilite a comunicação entre os diversos serviços de saúde;  fornecer informações sobre uma pessoa usuária do SUS em qualquer ponto do País; e gerar dados confiáveis e atualizados que permitam planejamento e intercâmbio de conhecimento para subsidiar a elaboração e execução das políticas públicas de saúde.
Onde pedir?
É possível imprimi-lo em todos os municípios do Brasil. O ideal é que o cidadão tenha o seu Cartão Nacional de Saúde entregue no seu atendimento pelo SUS.

Quanto custa?
O cartão é fornecido gratuitamente.
Quem pode tirar?
O cadastro é feito em hospitais, clínicas e postos de saúde ou locais definidos pela secretaria municipal de saúde, mediante a apresentação de RG, CPF, certidão de nascimento ou casamento. Seu uso facilita a marcação de consultas e exames e garante o acesso a medicamentos gratuitos.
Fonte: 
Ministério da Saúde

informação sobre como conseguir aparelhos auditivos em SÃO PAULO SP
http://drauziovarella.com.br/noticias/aparelhos-de-audicao-pelo-sus/


. De janeiro de 2012 a abril de 2014, o SUS ofertou mais de 600 mil aparelhos auditivos individuais. Além disso, o Teste da Orelhinha já tem 33% de cobertura. A coordenadora geral da Saúde da Pessoa com Deficiência do Ministério da Saúde, Vera Mendes, destaca os avanços na Triagem Neonatal Auditiva. "Estamos dobrando a cobertura a cada ano, o Ministério também tem feito junto com estados e municípios um esforço importante de transferência de recurso para que as maternidades possam adquirir esses equipamentos essenciais para se fazer a testagem. A gente já tem toda uma projeção, provavelmente, final de 2016, início de 2017, estejamos com maternidades equipadas, fluxos estabelecidos de cuidados e a gente ter uma cobertura de 100%." 
Outro destaque da Política de Atenção à Saúde Auditiva é o Sistema FM, incorporado ao SUS em 2013. Esse sistema já beneficiou cerca de seis mil e setecentas pessoas e funciona como um microfone remoto, sem fio, composto de duas partes: um transmissor, utilizado pela fonte sonora e o receptor, utilizado pela pessoa com deficiência auditiva, permitindo que ela entenda o que está sendo dito sem perder os sons do ambiente. Essa tecnologia está ajudando alunos e professores em sala de aula, conforme explica a coordenadora geral da Saúde da Pessoa com Deficiência do Ministério da Saúde, Vera Mendes."O Sistema de Frequência Modulada é um equipamento que acoplado ao aparelho auditivo qualifica melhor a informação do conteúdo escolar que tem que ser mais refinado e etc.. Portanto, a gente equipara , a mesma condição de igualdade das crianças que estão nas nossas escolas aprenderem o seu conteúdo que aquelas que não são deficientes auditivas."
Fonte: Ana Cláudia Amorim/ Agência Saúde

ATENÇÃO  O ATENDIMENTO DO SUS PARA PRÓTESES AUDITIVAS DEVE SEMPRE SER FEITO POR OTORRINO DO SUS, COM EXAMES FEITOS POR FONOAUDIÓLOGOS DO SUS ENCAMINHAMENTO DO MÉDICO OTORRINOLARINGOLOGISTA  da Rede  Pública – SUS  com a indicação da Protetização ( uso dos Aparelhos de Amplificação Sonora Individual – AASI)

IMPLANTE ÓSSEO
http://www.lersaude.com.br/sus-vai-oferecer-aparelho-de-ultima-geracao-para-tipo-de-perda-auditiva-ate-entao-sem-tratamento/
IMPLANTE COCLEAR
http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2014/09/veja-onde-encontrar-tratamento-com-implante-coclear-pelo-sus.html

domingo, 3 de janeiro de 2016

IMPLANTE COCLEAR PELO SUS ENDEREÇOS

08/09/2014 12h37 - Atualizado em 09/09/2014 16h36

Veja onde encontrar tratamento com implante coclear pelo SUS

O implante coclear é indicado a pessoas que praticamente não escutam nada e que não se beneficiem com o aparelho de audição convencional.

O implante coclear, ou mais popularmente conhecido como ouvido biônico, é um aparelho eletrônico de alta complexidade tecnológica, que tem sido utilizado nos últimos anos para restaurar a função da audição nos pacientes portadores de surdez profunda que não se beneficiam do uso de próteses auditivas convencionais.

sábado, 26 de dezembro de 2015

Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência).


 Considera-se pessoa com deficiência aquela que tem impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, o qual, em interação com uma ou mais barreiras, pode obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas.  
§ 1o  A avaliação da deficiência, quando necessária, será biopsicossocial, realizada por equipe multiprofissional e interdisciplinar e considerará:      (Vigência)
I - os impedimentos nas funções e nas estruturas do corpo;
II - os fatores socioambientais, psicológicos e pessoais;
III - a limitação no desempenho de atividades; e
IV - a restrição de participação.
§ 2o  O Poder Executivo criará instrumentos para avaliação da deficiência.


LER O TEXTO INTEGRAL

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13146.htm

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

INFORMAÇÃO SOBRE SURDEZ - BIBLIOTECA VIRTUAL


Confederacion Española de Familias de Personas Sordas

FIAPAS ha puesto en marcha una Biblioteca Virtual con el objetivo de facilitar el acceso a información actualizada relacionada con la sordera a cualquier persona que esté interesada (profesionales que atiendan a personas sordas, familias, estudiantes…).
En este sentido, en este espacio, disponible en www.bibliotecafiapas.es, se podrán encontrar, entre otros, contenidos orientados al ámbito educativo y a la formación en novedades tecnológicas, legislativas, metodológicas y de intervención educativa y logopédica.
Esta Biblioteca se presenta como un interesante repositorio de material formativo e informativo que responde a una creciente demanda de información eficaz, rigurosa, estructurada y diversa en torno a la atención de las personas con sordera y sus familias.
Su versatilidad permite la descarga de contenidos en PDF, el acceso a todos ellos a través de un cómodo visor de lectura personalizable, así como la solicitud de materiales y publicaciones. Por otra parte, la catalogación establecida facilita una accesible, sencilla e intuitiva navegación a todos los usuarios y posibilita la localización efectiva de materiales y publicaciones.

Por ahora, cuenta con diversos documentos como una guía con información básica para las familias, una guía práctica sobre la aplicación de recursos de apoyo a la comunicación oral en el ámbito educativo, material audiovisual de sensibilización o cuentos elaborados por niños, niñas y adolescentes sordos del Movimiento Asociativo de Familias-FIAPAS. Periódicamente se irán incorporando nuevas publicaciones y, progresivamente, otros materiales editados con anterioridad por FIAPAS.
Este proyecto se ha desarrollado en el marco del Convenio de Colaboración firmado este año entre el Ministerio de Educación, Cultura y Deporte y FIAPAS para la atención al alumnado que presenta necesidades educativas especiales derivadas de la discapacidad auditiva y cuenta con la cofinanciación de la Fundación ONCE.



http://www.fiapas.es/FIAPAS/actualidad_b.html?id=cw5673c59cb1fbf#.VnPlbhUrLNM


http://bibliotecafiapas.es/inicio/