segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Ototóxicos - medicamentos, produtos e situações que podem prejudicar a audição

Estes links contém informação sobre possíveis danos ao aparelho auditivo causados por medicamentos, agentes químicos etc.
Trata-se de um conjunto de textos com informação de várias origens.
Não devemos usar este tipo de informação para suspender ou evitar tratamentos médicos mas sem dúvida devemos ler a bula de cada remédio, mesmo que seja enorme, e anotar todas as dúvidas para perguntar ao médico.

Foto de SôRamires
Descrição da foto: fundo vermelho com listas verticais em tom vermelho mais escuro, vidro de remédio cor âmbar tombado com a tampinha branca ao lado, da boca do vidro saem alguns comprimidos brancos, ao lado do vidro outros comprimidos brancos formam um ponto de interrogação.

Exemplo: alguns remédios usados para reposição hormonal feminina podem piorar a otosclerose, está explicado na bula mas nem todo médico sabe ou pergunta a suas pacientes sobre essa condição. Aconteceu comigo, portanto vamos ler a bula e perguntar ao médico sempre.

Abaixo está parte da bula de um medicamento indicado para melhorar sintomas da menopausa, omito o nome do medicamento porque cada bula específica tem suas próprias contraindicações. 

...é contra-indicado a pacientes que apresentam hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula. O hexaidrobenzoato de estradiol e a hidroxiprogesterona são contra-indicados a pacientes que apresentam doenças tromboembólicas e sangramentos vaginais não diagnosticados. O hexaidrobenzoato de estradiol é também contra-indicado a pacientes que apresentam antecedentes tromboembólicos, afecções cardiovasculares, coronariopatias, valvulopatias, acidentes cerebrovasculares, patologias oculares de origem vascular, tumores malignos mamários e uterinos, hepatopatias graves ou recentes, tumores hipofisários, colagenoses, porfiria e otosclerose.


http://sulp-surdosusuariosdalinguaportuguesa.blogspot.com/2008/12/perigo-alguns-remdios-podem-prejudicar.html
http://www.ibanezca.com.br/Ototoxicos2.htm

http://www.otorrinousp.org.br/imageBank/seminarios/seminario_50.pdf

http://www.oocities.org/br/lajfilipe/drogashtm.htm

http://www.profala.com/arttf7.htm

http://www.riesgoquimico.es/2009/04/20/sustancias-ototoxicas/ 

http://www.port.hear-it.org/Analgesicos-podem-causar-perda-auditiva

2 comentários:

Mariana disse...

Sempre e primeiro que se automedicar, um tem que ir a um médico para que ele receite o medicamento correto como por exemplo o valtrex, porque senão um pode sofrer efeitos secundários.

soramires disse...

Mariana, até mesmo para remédios receitados devemos ler a bula com atenção porque muitas vezes o médico deixou de levar em conta outros remédios que a gente já toma e até mesmo doenças que podem se agravar com o medicamento receitado.
Exemplo, os medicamentos de reposição hormonal para menopausa dizem claramente na bula que são contraindicados para quem tem otosclerose. minha ginecologista não sabia ou não prestou atenção nisso. Por sorte parei de tomar porque poderia prejudicar mais ainda minha audição.
Até medicamentos vendidos livremente podem fazer mal. Toco cuidado é pouco e auto medicação é perigoso.

Postar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO